Ranqueamento no Google

As técnicas de SEO para sites são prioridade na jornada de ranqueamento no Google, isso eu já lhe digo de antemão e hoje você vai aprender sobre elas!

Aqui no Redatores Freelancers, venho criando vários conteúdos para ajudar você a aparecer na primeira página dos resultados orgânicos das pesquisas no Google (não pagos).

Como rankear meu site no Google

A mais de 10 anos, trabalhei em uma empresa norte americana com revisão de conteúdo para sites. Lá foi onde tive contato com o mundo dos search engines (motores de busca) e aprendi a como rankear no Google.

ranqueamento no google

Meu patrão possuía vários sites de listagens de casas hipotecadas, então ele precisava conseguir um bom posicionamento no Google para atrair o maior número de visitas possível.

Observando essa questão de ranqueamento no Google, eu mesmo decidi comprar um domínio, criar artigos otimizados, e aprender cada técnica de SEO para site. Fui vendo resultado, mas a prática de otimização se mostrou razoavelmente diferente da teoria.

Naquela época, 2010, confesso que era bem mais fácil de como rankear no Google na primeira página. Foi após as atualizações Panda e Pinguim que as coisas mudaram, quando muitos sites tiveram uma queda brusca nas buscas.

Clique aqui e saiba mais a respeito das atualizações dos algoritmos do Google.

Ranqueamento no Google: como funciona

Como informado pelo próprio motor de busca em questão, o objetivo do Google é o fornecimento de dados de maior utilidade e relevância. Isso, porém, era um problema em 2010 (não que tenha realmente mudado após as atualizações), porque a galera focava muito em SEO e pouco nas necessidades dos visitantes.

Mas em suma, o rankeamento nos resultados do Google envolve:

  • conteúdo útil, de valor, e original (ctrl C + ctrl V são proibidos)
  • técnicas de SEO para site (title tag, description / snippet, palavras-chave, links, imagem com alt tag, etc)

No meu trabalho de redator freelancer, há anos vejo muita gente com um ideia errada de como rankear no Google, achando que é fácil.

Eu até tento ajudar (e ajudo) com dicas de SEO (o que me favorece também com a fidelização de clientes), porque vejo que os sites e blogs precisam ser otimizados.

Palavras-chave e termos relacionados

Você sabe que o Google é um motor de busca e, portanto, o usuário digita na barra de busca o que deseja saber. Esse termo é chamado de palavra-chave e é primordial no quesito SEO para site.

Você não pode criar conteúdo web e melhorar o ranqueamento no Google sem trabalhar as palavras-chave em seu conteúdo. Pesquise, colete, e mencione essas “keywords” em cada texto no seu site ou blog, começando com o planejador do próprio Google.

Importante: se o seu site é novo ou ainda não está na primeira página do Google, recomendo que você foque em palavras-chave de menor competitividade (long tails). A princípio, não foque em quantidade de buscas, pois quanto mais alto for, mais competição você terá (ou seja, mais difícil é de subir nas pesquisas).

Tags de SEO

Usar palavras-chave é a técnica de SEO para o Google de maior peso, mas você precisa saber onde inserir tais termos. Nas SERP’s (página de resultados orgânicos), o Google exibe uma tag chamada Title logo abaixo da URL, por exemplo, onde deve constar a keyword.

exemplo de resultado no Google
resultado no Google (url/domínio, title tag, meta description)

Nessa imagem, o resultado exibido no topo da pesquisa contem a palavra-chave “curso liderando na web”, que aparece:

  • na url (seo friendly, descritiva)
  • no início do title
  • na meta description / snippet

Aqui no WordPress, existe um plugin específico para preencher as tags de SEO chamado Yoast. Na imagem abaixo, te dou o exemplo de como preenchi as tags dessa página sobre ranqueamento no Google, veja só:

plugin seo yoast como preencher
plugin seo yoast como preencher

O bom do SEO Yoast é que já te dá um alerta quanto ao limite de caracteres da Title Tag (em média 55) e da meta description.

Agora uma dica de como rankear no Google: utilize sempre uma chamada de ação (call to action) na Title tag, isto é, um verbo no imperativo logo após a palavra-chave. A intenção é convidar ou convocar o visitante (por exemplo, “venha”, “saiba”, “confira”, “descubra”, “encontre”, etc).

SEO Onpage: Links de Entrada e Saída

Tudo isso que compartilhei até agora com você aí é referente a otimização dentro do site, conhecida por SEO Onpage. Além do conteúdo de valor, palavras-chave, e tags de SEO, é importante que você insira links que complementem e deem credibilidade ao conteúdo.

Links Internos e Externos

Entre as funções de um hiperlink no conteúdo, você tem:

  • agregar mais conhecimento sobre um assunto relacionado
  • validar também as informações

Isso ajuda no ranqueamento no Google e diz ao visitante: “aqui tem mais informações para você sobre esse tópico”.

seo onpage links
no meu curso Liderando na Web, explico detalhadamente sobre links para seu site!

Os links também são essenciais para passar força de uma página a outra, compartilhando “link juice” (suco de links).

Ao linkar os conteúdos dentro do seu blog, você está praticando a técnica de SEO para site chamada “linkagem interna“. E, por sua vez, a inserção de links destinados a outros sites é uma estratégia de otimização conhecida por “linkagem externa”.

Outbound ou links de saída: é quando seu site linka para outro site.

Inbound ou backlink: sites que linkam para o seu domínio.

Se um site bem posicionado nas SERP’s está linkando para o seu, isso passa a ideia de que seu site é bom, ou seja, é um ponto positivo que influencia no ranqueamento no Google.

Facilidade de uso em dispositivos móveis!

Finalizando esse guia de como aparecer na primeira página do Google, outro critério de avaliação dos algoritmos é ter um site responsivo. Neste conteúdo do Neil Patel, por exemplo, ele diz que em 2020 a estimativa de usuários de dispositivos móveis é de 60%!

teste de compatibilidade com dispositivos moveis
teste de compatibilidade com dispositivos moveis desta página

O Google também disponibiliza uma ferramenta para que você veja se o seu site é compatível com smartphones, iphones, celulares e demais aparelhos moveis. Você pode acessá-la clicando aqui e verificar se os elementos clicáveis não estão muito próximos e também se o tamanho da fonte é adequado à leitura.

O WebMasterTools também lhe permite verificar se o site é ou não responsivo e caso tenha algum problema, a ferramenta mostra com detalhes o que é e como resolver.