Aparecer na Primeira Página do Google: Quanto Tempo Leva?

Quando você está se esforçando para fazer seu site chegar ao topo, é normal que fique ansioso(a) e deseje ver resultados o mais rápido possível, não é? Neste post, vou detalhar exatamente essa questão: quanto tempo as técnicas de SEO levam para funcionar de modo que você tenha como aparecer na primeira página do Google? Confere aí!

Posicionamento SEO

Além de ser redator freelancer, também amo trabalhar e estudar otimização de sites e uma das perguntas mais frequentes que recebo: “meu site é novo e ainda não estou recebendo muitos visitantes. Quanto tempo leva para ver os resultados do meu esforço com SEO?”.

aparecer na primeira pagina do google quanto tempo leva
quanto tempo leva para um site novo aparecer na primeira página do Google?

A otimização para mecanismos de busca (SEO) costumava ser fácil e bastava seguir uma fórmula específica mencionando várias vezes a mesma palavra-chave e fazendo link building e já tinha como aparecer na primeira página do Google. Em muitos casos, embaso em experiência como redator freelancer e consultor de SEO, posso dizer que é possível chegar ao topo das pesquisas no Google em alguns meses, talvez até seis meses no máximo desde que você siga as dicas compartilhadas neste artigo.

Hoje em dia, o SEO é super competitivo, existem mais de um bilhão de blogs na web, há aproximadamente 1 blog para cada 7 pessoas e há ainda mais sites na web. Portanto, quando você combina tudo isso, faz sentido o porquê de SEO ser tão difícil, pois agora o Google tem mais critérios para descobrir quais sites eles vão colocar no topo.

Em suma, hoje em dia o Google pode ser super exigente, enquanto 5, 10 anos atrás não podia. Primeiro, vamos começar vendo como o SEO mudou ao longo dos anos.

Pesquisa por palavra-chave

Esta é uma das grandes áreas quando o assunto é como aparecer na primeira página do Google: pesquisar, coletar e, o mais importante, mencionar palavras-chave no conteúdo.

Antes, você podia se concentrar em cinco ou seis palavras-chave, talvez 10, e traria a maior parte do tráfego do site. Não era um mercado tão competitivo quanto costumava ser, mas atualmente existem literalmente milhares de sites (se não milhões) criados todos os dias. Existem mais de 1,7 bilhão de sites online e isso é muita concorrência.

As empresas costumavam se concentrar em pequenos grupos de palavras-chave genéricas e obter ótimos resultados, mas a realidade agora é muito diferente. Os sites devem ter uma lista de 50 a 100 palavras-chave ou mais, dependendo do site. Além disso, cada página do seu site precisará ser segmentada pelo menos em uma palavra-chave (na maioria dos casos, na verdade, três ou quatro palavras-chave por página).

Conteúdo de valor e relevante

Antes, era só escrever um artigo e implementar a palavra-chave várias vezes que o Google classificava automaticamente o site, prática conhecida por densidade de palavras-chave, certo? Resumindo, funcionava assim: quanto mais você colocasse a palavra-chave no conteúdo, mais os mecanismos de busca “entendiam” sobre o que o artigo se tratava e, assim, você tinha como aparecer na primeira página do Google facilmente.

Acontece que isso não fluiu da maneira esperada, não funcionou bem para os usuários, portanto, o Google deixou de ver a densidade de palavras-chave da mesma maneira. O Google ficou mais inteligente e mudou um pouco suas expectativas e agora não olha apenas para um site forçando e empurrando a mesma palavra-chave, pois isso estava arruinando a experiência dos usuários.

O Google fez algumas grandes mudanças para melhorar a classificação deles por não mostrar conteúdo de baixa qualidade no topo das pesquisas. Então, agora, quando você está escrevendo conteúdo para web, a importância maior não está em mencionar uma palavra-chave repetidamente.

Naturalmente, pensando em como aparecer na primeira página do Google, as palavras-chave aparecerão, mas junto a isso terão outros sinônimos e termos relacionados ao assunto (pense no Google como um grande dicionário). Os crawlers/spiders (Search engines) sabem do que se trata o artigo, mesmo que você não menciona a palavra-chave em foco.

Sua principal prioridade é fornecer um conteúdo de valor e manter a intenção da pesquisa em mente. Lembre-se de que quando alguém faz uma busca no Google, geralmente é uma pergunta (e não necessariamente com um ponto de interrogação). Os internautas estão procurando uma resposta para o que quer que tenham digitado, e se a sua página fizer isso, fornecer a resposta com esse conteúdo, seu site terá como aparecer nas pesquisas do Google bem posicionado.

Portanto, não foque em inserir o máximo de palavras-chave no seu conteúdo nem escreva artigos muito extenso – as pessoas acham que o Google quer um artigo de 2000 palavras classificado no topo da primeira página e não é bem por aí. Não se trata de quantidade de palavras, mas sim de fornecer o que os usuários procuram o mais rápido possível. Se você fizer em 500, 2000, ou 5000 palavras, seja quantas forem, faça da forma mais fácil para o usuário, crie a melhor experiência.

Quanto tempo leva para um site ficar bem posicionado no Google?

Segundo a Forbes, a média de tempo para um site ter seu ranqueamento e posicionamento SEO desejado, ou seja, como aparecer na primeira página do Google, é de 4 a 6 meses. No entanto, como existem muitos fatores em se tratando de SEO, não há resposta definitiva. Com base na minha experiência, mesmo que você esteja iniciando um novo site e trabalhando ativamente em seu conteúdo, SEO na página e construção de links, pode levar aproximadamente seis meses para começar a ver resultados.

Dica: a melhor maneira de começar a ver resultados mais rápidos é trabalhar “long tails” (palavras-chave mais longas e específicas, menos genéricas), que convertem melhor do que os termos gerais e que possuem mais buscas e, portanto, maior competitividade.

Portanto, se você deseja classificar mais rapidamente, há alguns fatores importantes de SEO que você precisa se atentar:

  • seu site é seguro e acessível aos rastreadores do Google. Você está usando https?
  • Seu robots.txt está bloqueando as páginas certas e permitindo o acesso às páginas certas?
  • Você criou o sitemap e enviou ao Webmaster Tool para que o Google possa rastrear suas páginas?
  • Seu site é rápido no tempo de carregamento? Se as páginas carregam rapidamente, isso aumentará sua classificação (faz parte do algoritmo do Google). Você poderá usar o Google PageSpeed ​​para ver a rapidez com que seu site é carregado em dispositivos móveis e em computadores desktop, e ver o que pode e deve ser corrigido ou aprimorado.
  • Seu site é compatível com dispositivos móveis (responsivo) como Iphone ou Android, por exemplo, de onde são provenientes mais da metade das pesquisas no Google?

Por fim, você tem conteúdo de autoridade? O Google não gosta de ver o mesmo conteúdo sendo regurgitado repetidamente na internet. O rei dos motores de busca quer que você forneça algo único, que as pessoas nunca tenham lido antes, ou seja, conteúdo de valor e relevante.

Backlinks de qualidade

Você está criando um conteúdo incrível o suficiente bem como produtos e/ou serviços de qualidade para atrair o tipo certo de links? Não tem a ver com sair pedindo às pessoas que linkem para o seu site (muito menos de comprar links), mas sim de reciprocidade: seu site fornece o que os usuários necessitam e gostam, então eles retribuem, linkando de volta.

Redes sociais

Observe também os botões de redes sociais, pois mesmo que eles não tenham efeito na classificação, de acordo com o Google, existe uma correlação entre as páginas com classificação alta e com um número decente de curtidas, fans e seguidores. Lembre-se de que o Google deseja posicionar no topo as páginas que as pessoas mais gostam. Portanto, se as pessoas adoram uma página, elas são mais propensos a compartilhá-la na web, certo?

Meu negócio no Google (Business)

Outra coisa que você precisa observar, especialmente se você for uma empresa local, é: você tem suas informações comerciais listadas? Você precisa reivindicar seu perfil no Google Business, sua avaliação no Yelp, construir sua reputação e obter boas reviews – quanto mais avaliações você conseguir, melhor na questão de posicionamento SEO orgânico.

A grande vantagem é: quando você faz as coisas certas, indo além e dando prioridade às necessidades do usuário, você terá como aparecer na primeira página do Google, subindo posições mais rapidamente do que quando apenas foca nos mecanismos de busca e não coloca o usuário em primeiro lugar.

Se precisar de ajuda com seu SEO ou estiver em busca de redatores freelancers, entre em contato pelo Whatsapp!